segunda-feira, 29 de julho de 2013

''SOU FEITA ASSIM''




de conchas que o mar arremessa
na areia pálida e inexpressiva
de meus dias e minhas noites.

de ar triste
como as longas tardes
nubladas de tantos invernos.

de incertezas na ânsia incontida de
descobrir novos brinquedos.
(nunca machucados)

de uma argila descolorida
buscando formas, perfumes e sorrisos
sorrisos de todas as rosas.

Sou feita assim
á espera do irreal.

Alvina Nunes Tzovenos

In: Palavras ao Tempo