quarta-feira, 3 de julho de 2013

''DEIXEI LÁ NA INFÂNCIA''



  meu balão de São João
com olhos de aço
a me ensinar a subir.

minhas bonecas
prisioneiras de meu amor
de braços abertos
hoje enfadadas de mim.

tantos azuis desmanchados
tantos sóis sombrios
tantas rosas machucadas.

sonhos de loucas coisas
como
areia, cascalho e granito
dos castelos, castelos
que sempre arquitetei.

Ah! que vontade de ser manhã
quando já se faz tão noite
a hora.

Alvina Nunes Tzovenos
in Palavras ao Tempo